Verificar compatibilidade da peça

Produto compatível com todas as versões da marca, modelo e ano selecionado.

Descrição do produto

PASTILHA BB 328

Altura: 1.64 cm

Largura: 0.55 cm

Comprimento: 21 cm

Peso Bruto: 1.403 kg


Marca: Bosch

Código da Peça: 0986BB0045

Tipo: Tradicional

Código da Peça Simplificado: BB 328

Posição: Dianteira

Pastilha de Freio - BB 328 - Bosch - 0986BB0045 - Par

CEP inválido.

Valor de frete acima da política promocional. Verifique as condições da promoção.

Compatibilidade da peça

VOLKSWAGEN

GOLF 1996 III 1.8MI

GOLF 1997 III 1.8MI

GOLF 1998 III 1.8MI

POLO 1996 CLASSIC 1.6MI

POLO 1997 CLASSIC 1.6MI

POLO 1998 CLASSIC 1.6MI

Guia do Consumidor

Pastilhas de Freio

As pastilhas de freio através do atrito reduzem a velocidade do disco de freio, consequentemente as rodas do veículo.

Composição

Composição da pastilha de freio

  • Material de Atrito – Composto basicamente de resinas, fibras sintéticas e partículas metálicas.
  • Calço ou Base - Aço de elevada resistência mecânica, alguns modelos apresentam uma chapa amortecedora,melhorando o conforto.
  • Ranhuras – Sulcos no material de atrito: indicam desgastes; melhoram seu arrefecimento e frequências de vibração.
  • Chanfros – Presentes no material de atrito, para preservar o conforto quanto ao acionamento e ruído.

Localização

Localização da pastilha de freio Localização da pastilha de freio no disco

Função & Funcionamento

Função – Frear o veículo através do atrito com o disco de freio.

Funcionamento – Quando acionado o pedal de freio, o circuito hidráulico ou pneumático é pressurizado, acionando êmbolos que avançam,comprimindo as pastilhas de freio contra o disco.

Tipos de matéria base:

  1. Metálicas - Compostas de ligas metálicas como: latão; ferro e alumínio. Resistentes a altas temperaturas e solicitações mecânicas, consequentemente alto coeficiente de atrito. Oferecem boa durabilidade e eficiência, porém com menor conforto.
  2. Orgânicas – Compostas basicamente de celulose e resina fenólica. Coeficiente de atrito satisfatório, boa performance térmica e conforto razoável. Baixa durabilidade.
  3. Cerâmica - Resistência ao calor; durabilidade, tornaram-se uma excelente escolha para aplicações severas. A cerâmica: óxido de alumínio, boro e o carboneto de silício são os compostos cerâmicos mais comuns.

Os materiais de atrito são compostos por:

  • Ligantes - materiais aglutinantes (resinas termofixas e borrachas) responsáveis por unir os compostos do material de atrito.
  • Fibras - fibras acrílicas, de carbono, limalha de latão, lã de cobre, lã de aço, fibra de vidro e lã de rocha, responsáveis pela resistência mecânica.
  • Modificadores de atrito - proporcionam características de fricção dos materiais de atrito, modificando o coeficiente de atrito, grafite e sulfetos de molibdênio, antimônio, cobre-zinco, manganês, chumbo e titânio.
  • Cargas minerais - aditivos utilizados para complementar a formulação, como exemplo a barita (sulfato de bário BaSO4).

Sintomas & Vida Útil

Sintomas:

  • Ruídos agudos
  • Trepidação quando acionado o freio;
  • Perda de performance do freio
  • Curso elevado do pedal de freio, ou acionamento pesado
  • Advertência no painel para indicadores de desgaste eletrônicos

Indicadores de desgaste:

Mecânico - Quando o material de atrito é desgastado no limite da sua espessura de segurança, o indicador de desgaste (lâmina), preso a pastilha, entra em contato com o disco, produzindo um som agudo, indicando a substituição.

Sintomas da vida útil da pastilha de freio

Eletrônico - O sensor eletrônico presente na pastilha, fecha o contato com o disco de freio quando atinge o limite de desgaste, enviando um sinal de alerta para o painel do veículo.

Indicador de desgaste da pastilha de freio

Vida Útil:

Recomendamos substituir as pastilhas de freio a cada 35.000km, porém é necessário realizar inspeções periódicas a cada 5.000 km, assegurando seu perfeito funcionamento, uma vez que é um item de segurança, e lembrando que pastilhas desgastadas acima do especificado, podem danificar o disco de freio.

* Consulte o manual do Fabricante do seu veículo

Descrição de Montagem

Montagem da pastilha de freio

Após soltar os grampos que fixam as pastilhas, e removê-las, examinar:

  • Sempre recomendamos analisar as peças de interface.
  • Flexíveis de freio, tubulação rígida (dutos), quanto a vazamentos.
  • Nível e validade do fluido de freio.
  • Superfície do disco de freio, quanto a riscos e fissuras.
  • A pastilha de freio correta, indicada pelo fabricante.

Recomendações na instalação das novas pastilhas de freio

  • Não contaminar as pastilhas com derivados de petróleo
  • Não usinar os cantos do material de atrito
  • Avaliar a dirigibilidade após a instalação concluída

Mitos & Verdades

O emprego de pastilhas erradas ou de qualidade duvidosa podem danificar o disco de freio? – Verdade

Compostos equivocados podem usinar o disco de freio e/ou provocar superaquecimentos acima do especificado.

Um pouco de História

Um pocuo de história da pastilha de freio

Lanchester modelo 1910 Fonte: autos antiguos de coleccion

Vários são os responsáveis que contribuíram para a tecnologia do freio a disco, dado com início em 1900. Em 1902 o inventor inglês Frederick Lanchester patenteou o projeto desse freio e o aplicou em seu veículo, o Lanchester modelo 1910 » Motor de 20 HP e freio a disco traseiro.


Palavras do Fabricante